quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Os benefícios do abacaxi

O abacaxi é uma fonte rica em ácido fólico, vitamina A e potássio. Também tem boa quantidade de proteína, ferro, magnésio e vitaminas C, E e B6.
Originário da América do Sul, o abacaxi é atualmente cultivado em todas as partes do mundo. Pode ser encontrado congelado ou seco, mas a maioria da produção é reservada para variedades enlatadas, sucos ou frutas frescas. Embora seja encontrado durante todo ano, o pico da safra de abacaxi ocorre nos meses de novembro e dezembro.
Seu sabor doce e marcante torna o abacaxi fresco uma escolha deliciosa; podendo ser adicionado a saladas e grelhado ou cozido com frutos do mar, presunto, aves ou outras carnes. Quando o abacaxi é cozido, sua textura fica macia devido à quebra da celulose, um tipo de fibra existente nas paredes da fruta.



Propriedades curativas do abacaxi

O abacaxi fresco contém bromelaína, uma enzima semelhante à papaína presente no mamão, que dissolve as proteínas. Consequentemente, ele é um excelente amaciante natural de carnes e de aves quando adicionado a cozidos ou ensopados. Entretanto, ao utilizar o abacaxi no preparo de pratos com gelatina, deve-se optar pela opção enlatada ou previamente fervida da fruta, a fim de desativar a ação da bromelaína presente na fruta fresca. Caso contrário, a gelatina (uma forma de proteína) não endurecerá adequadamente e ficará pastosa.
A bromelaína é uma enzima antiinflamatória. Pesquisas recentes sugerem que ela pode reduzir o risco da formação de coágulos no sangue, minimizando, portanto, o risco de enfartes e derrames. Mas isso é difícil de explicar, já que a bromelaína é um tipo de proteína que é quebrada no trato digestivo. Aplicada topicamente, a bromelaína pode ajudar a controlar o inchaço dos tecidos e as inflamações associadas à artrite, às luxações e às torções, porém também pode causar irritação da pele ou dermatite alérgica em pessoas com sensibilidade a esta substância.



Uma xícara com pedaços de abacaxi fresco contém 75 calorias e fornece 25 mg de vitamina C. Também oferece uma boa quantidade de diversos outros nutrientes, como 0,17 mg de tiamina, 16 mcg (microgramas) de ácido fólico, 0,15 mg de vitamina B6, 0,6 mg de ferro e 2,6 mg de manganês. O abacaxi tem alta concentração de fibras solúveis que auxiliam no controle do nível de colestrol no sangue. É também uma boa fonte de ácido ferúlico, um fitoquímico que ajuda a prevenir a formação de substâncias causadoras de câncer.
O abacaxi enlatado não tem redução significativa em seu teor de vitamina C. Uma xícara de suco pronto da fruta retém toda a vitamina C, ao passo que uma xícara de abacaxi em calda fornece cerca de 20 mg. Entretanto, ao ser enlatado, o abacaxi é aquecido e a bromelaína é destruída, permitindo, consequentemente, que estes produtos sejam usados para preparar sobremesa com gelatina. O abacaxi é frequentemente enlatado em calda, o que aumenta as suas calorias. Uma xícara da fruta em pedaços, embebidos no próprio suco, contém 150 calorias, ao passo que uma xícara de abacaxi em calda contém 200 calorias.



Depois de colhido, o abacaxi não amadurece mais. Ao comprá-lo, escolha um que exale perfume e tenha casca amarelo-clara ou branca. Manchas marrons indicam que está estragado. Se você comprar o abacaxi inteiro, certifique-se de que pareça densa e pesada para seu tamanho e que as folhas estejam verdes.

Fonte: Livro Alimentos Saudáveis Alimentos Perigosos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário